quinta-feira, 20 de julho de 2006

A ti - ALMA GÊMEA

"Alma gêmea de minha'lma
flor de luz de minha vida
Sublime estrela das belezas da amplidão.
Quando eu errava no mundo
triste e só, no meu caminho, chegaste, devagarinho,
e encheste-me o coração.
Vinhas na bênção das flores da divina claridade,
tecer-me a felicidade em sorrisos de esplendor!!!
És meu tesouro infinito, juro-te eterna aliança,
porque sou tua esperança, como és todo meu amor!
Alma gêmea de minha'lma,
se eu te perder algum dia
serei tua escura agonia,
da saudade nos seus véus.
Se um dia me abandonares,
luz terna dos meus amores,
hei de esperar-te, entre as flores da claridade dos céus."
(Ernesto de Curtis)

... e hei de encontrar-te. Para isso resto.

2 comentários:

Lou disse...

Excelente. Além de estar muito bem escrito, claramente, vem lá do fundo da alma e ilumina ainda mais. Feliz aquele, para quem estas palavras foram escritas.

Suélen Lopes disse...

Dá para sentir seu amor nesta poesia. Linda!

Acredito que seja difícil encontrarmos nossa Alma Gêmea, mas quando a encontramos sabemos e sentimos que é ela.

Tudo é mágico! A pessoa (Alma Gêmea) faz parte de nós... nos completa, nos salva, nos ensina, nos ama. E, a partir daí, nos tornamos um único ser, um único corpo, uma única alma.

E você, "ti", pela poesia parece ter encontrado a sua!

Beijos e ótimo começo de semana.