domingo, 7 de janeiro de 2007

EU e Florbela

"Eu não sou boa nem quero sê-lo,
contento-me em desprezar quase todos, odiar alguns, estimar raros e amar um".
(Florbela Espanca)

4 comentários:

Rubinho Osório disse...

Não sou bom, mas quero se-lo. Não me contento em desprezar tantos, odiar muitos, estimar tão poucos e não amar nenhum. Estou aprendendo a amar; um dia, quem sabe não desprezarei, nem odiarei...

Lou Mello disse...

Essa é mais uma das prerrogativas de gente sábia como a Florbela, saber desprezar e amar na dose certa.

João Nunes disse...

É dificil ñ se indentificar.

Wander Morínigo Teixeira disse...

Muito legal seu blog....gostei de seus escritos...fique na Paz....