segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Por uma nova Reforma

"A razão por que a Reforma não é mencionada esta semana na tua igreja, cristão evangélico, é porque ao pregar Lutero as 95 teses na catedral de Wittenberg 500 anos atrás, as portas da tua congregação, 500 anos mais tarde, estremecem também.
Mas pela providência do soberano Senhor, uma nova Reforma vem a caminho (...)"
Lamentações do Nuno.

Talvez seja hora de mudar o auditório. E o púlpito.

Um comentário:

Filipe Liepkan disse...

de fato, o silêncio foi total. quase proposital, instrutivo, como um fardo que deve ser retirado pela óbvia contradição da reforma com aquilo que se chama 'evangelicalismo'.

uma piada intrigante, que serviu para colocar os "pingos nos i's" de uma vez por todas.

abçs